segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Verdades que incomodam!

Antonio Campos
arcampos_0911@yahoo.com.br
CEAMIG - REA/BRASIL

Caros(as) amigos,

Já alguns anos, recebi do amigo e também astronômo dos Observatórios de Americana e Piracicaba - SP Nelson Alberto Soares Travnik, o texto "verdades que incomodam". Esse com o passar dos anos, continua e continuará (me pergunto até quando) muito atual. Assim sendo além de uma lembrança do nobre amigo e amante da ciência de urânia, creio ser um bom momento trazer através desse blog sábias e importantes verdades.

E da natureza das pessoas de boa índole, pensarem que tudo o que está escrito, é falado ou e repassado em nosso cotidiano possa ser encarado como verdade absoluta, entretanto esclarecimentos devem ser prestados e apresento aos amigos(as) algumas verdades que aos olhos de muitos incomodam.

1º - A tão propalada e badalada "Era de Aquário" somente ocorrerá em 2599 ou seja, estamos ainda a mais de 580 anos desta ocorrência, sendo que muitos são categóricos em afirmar que estávamos em (isso em 1995) no limiar dessa era.

2º - Devido aos 2115 anos de precessão equinocial, os signos do Zodíaco retrocedem uma constelação inteira, ou cerca de 30° de arco. Essa realidade começou a ser observada em 54 A.C. Então a contar dessa data, um individuo que era do signo de Libra passou a ser Virgem e assim sucessivamente.

3º - O chamado "Ponto Vernal" porque é indicador do início da Primavera (no Hemisfério Norte), se desloca 55',2 de arco por ano no sentido oeste, fazendo com que as longitudes das estrelas diminuam progressivamente. Esse fato faz com que a cada 50 anos os Atlas Astronômicos seja corrigidos (atualmente Cartas e Atlas Celestes trazem a informação 2000.0). Além desse movimento de precessão descoberto pelo astrônomo grego Hiparco no século II A.C, as estrelas também possuem seu movimento próprio. Muito provavelmente as constelações que você observa hoje na esfera celeste, daqui a 100.000 anos, não lembrarão nada do que foi.

4º - Aproximadamente 367 cidades estão próximas ao pólo que, por coincidir a Eclíptica como o horizonte não existe possibilidade de se realizarem prognósticos baseados nas constelações zodiacais.

5° - Em diversos jornais em circulação nos EUA, abaixo da coluna astrológica é incluído o seguinte alerta: "Os dados acima mencionados devem ser considerados apenas como entretenimento".

6° - Alguém conseguirá explicar por qual motivo, irmãos(as) gêmeos(as) que nascem praticamente no mesmo instante apresentam comportamento e destino completamente diferente um do outro, se a configuração do Céu é a mesma para ambos?

7° - Os planetas (só os maiores do Sistema Solar) se encontram a uma distância tão grande (Netuno chega a ter 4,50 bilhões de Km do Sol enquanto Marte, chega no máximo a 55,7 milhões de Km da Terra), que em função de sua massa, são incapazes de levantar um fio de cabelo de um ser humano.

8°- O que são as constelações? Elas são um produto do alinhamento de estrelas que os antigos projetavam alí heróis da mitologia, insetos ou utensílios. Astronônomos utilizam esse conhecimento apenas para demarcar as áreas celestes (88 ao total), como fazem os geógrafos sobre o globo terrestre. Assim sendo e como já mencionado no item 3 deste texto, com o passar do tempo essas configurações irão mudar e não será possível ver mais constelações como: Escorpião, Libra, Sagitário, Virgem,... etc e etc.

9° - São 13 e não 12 as constelações do zodíaco. São elas: Áries (Carneiro), Taurus (Touro), Gemini (Gêmeos), Cancer (Caranguejo), Leo (Leão), Virgo (Virgem), Libra (Balança), Scorpius (Escorpião), Ophiuchus (Ofiúco), Sagittarius (Arqueiro), Capricornus (Capricórnio) e Aquarius (Aquário).

Reflitam nessas verdades antes de ler após o café da manhã a previsão de seu signo para hoje.