sexta-feira, 1 de novembro de 2013

C/2012 S1 ISON

Alexandre Amorim
costeira1@yahoo.com
REA/Brasil - NEOA – JBS

Descoberto pela equipe do Observatório ISON (International Scientific Optical Network - Kislovodsk, Rússia) em 21 de setembro de 2012. Segundo os elementos orbitais provisórios disponíveis na MPEC 2012-S63 e atualizados na MPEC  2013-A85, este cometa alcançaria magnitude negativa (-13) em 28 de novembro de 2013. Porém os elementos divulgados na MPC 83520 apontavam um novo cenário em que o brilho máximo previsto pode ser entre -8 e -9.

Por sua vez, a análise com base nas observações visuais feitas no Brasil indica que o brilho máximo não deve passar da magnitude -1, embora Seichii Yoshida indique que cometa possa ser tão brilhante quanto Vênus (magnitude -4) durante a passagem periélica. A análise de Ignacio Ferrín indica que, se o cometa não se desintegrar, seu máximo brilho não deve passar da 4ª magnitude durante o periélio.

Nos dias 24 e 25 de novembro de 2013 haverá uma conjunção envolvendo este cometa e o periódico 2P/Encke. A separação aparente entre os dois cometas será em torno de 2 graus. Embora o C/2012 S1 esteja provavelmente na 3ª magnitude, o Cometa 2P/Encke estará na 5ª magnitude.

O periélio ocorre no dia 28 de novembro quando o cometa deve passar apenas 0,012 UA do Sol (1,8 milhão de quilômetros).
Às 18:00 TU o cometa deve atingir seu máximo brilho, mas apenas 0,6 graus de elongação.  Talvez o por do Sol de 28 de novembro de 2013 apresente a cauda do cometa.

Informamos que temos um cometa atualmente mais brilhante do que o Cometa ISON disponível de madrugada e observável no Brasil durante este mês de novembro. Trata-se do Cometa C/2013 R1 Lovejoy e as observações visuais feitas no Brasil durante a última semana de outubro colocam o brilho do cometa em torno da 7ª magnitude e a tendência é que seu brilho ainda aumente durante o presente mês.

Mais informações no website: http://www.rea-brasil.org/cometas/13r1.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário