domingo, 1 de dezembro de 2013

A ocultação de Ain pela Lua em 15/16 de dezembro 2013!

Antônio Rosa Campos
arcampos_0911@yahoo.com.br
CEAMIG – REA/Brasil - AWB

Na noite de 15 para 16 de dezembro próximo, a Lua + 98% iluminada e com uma elongação de 164°, ocultará a estrela Ain (epsilon Tauri) de magnitude 3.5 (Figura 1). Proporcionando um belo espetáculo aos observadores munidos com pequenos instrumentos óticos como: binóculos, lunetas e telescópios, esse evento poderá ser observado numa grande extensão da África e América do Sul. 

Observadores localizados em grande parte da África (Benin, Burkina Faso, Cabo Verde, Gana, Mauritânia, Nigéria, Ruanda, Senegal, São Tomé e Príncipe, Tanzânia, Uganda e Zâmbia) e América do Sul, (Brasil), poderão acompanhar esse evento, conforme e apresentado nas tabelas 1 e 2 respectivamente.

Além das circunstâncias de gerais de visibilidade e também de desaparecimento e Reaparecimento acima mencionadas, abaixo apresentamos o mapa global (figura 2) com a faixa de visibilidade do fenômeno que abrange além da África e América do Sul, englobando localidades situadas nos oceanos índico e atlântico. 

Ain (Oculus Borealis)

Epsilon Tauri é uma estrela gigante laranja com a classificação estelar K0III. Ela tem uma magnitude visual aparente de 3,5 estando cerca de 147 anos-luz de distância. Como sua localização próxima da eclíptica, ocasionalmente é oculta pelo disco Lunar e, raramente, por planetas. 

Ain possui uma companheira de magnitude 11 localizada 182 segundo de arco da primária. A estrela tem o nome apropriado Ain e Oculus Borealis, que significam "o olho”, sendo uma das estrelas componentes do imenso aglomerado aberto das Hyades (Mel 25). A sua idade é estimada em cerca de 790 milhões de anos. 

Em 07 de fevereiro de 2007, foi descoberto em órbita dessa estrela um grande planeta extrasolar detectado através do método de velocidade radial. Identificado como "eps Tau b", ele foi o primeiro planeta descoberto em um aglomerado aberto sendo ainda o único exoplaneta (planeta extrasolar) conhecido na região das Hyades.

Sites recomendados:

"Como observar"
"formulário de reporte"
(ocultações de estrelas por asteroides).

Boas Observações!

Referências:

- Mourão, Ronaldo Rogério de Freitas - Dicionário Enciclopédico de Astronomia e Astronáutica, Ed. Nova Fronteira, Rio de Janeiro (RJ) - 1987, 914 P.

-  Campos, Antônio Rosa - Almanaque Astronômico Brasileiro 2013, Ed. CEAMIG (Centro de Estudos Astronômicos de Minas Gerais), Belo Horizonte (MG) - 2012, 100P.


- http://exoplanet.eu/catalog/eps_tau_b/ - Acesso em 07 outubro 2013.

- http://messier.seds.org/xtra/ngc/hyades.html - Acesso em 07 outubro 2013.

- Astronomical Software Occult v4.1.0.11 (David Herald - IOTA) - acesso em 07/10/2013.

Nenhum comentário:

Postar um comentário