segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

A ocultação de Omicron Leonis (Subra) pela Lua em 12 de dezembro 2014!

Antônio Rosa Campos
arcampos_0911@yahoo.com.br
CEAMIG – REA/Brasil – AWB

Em 12 de dezembro próximo a Lua -72% iluminada, ocultará a estrela Omicron Leonis (Subra) de magnitude 3.5 (Figura 1). Proporcionando um belo espetáculo aos observadores munidos com pequenos instrumentos óticos como: lunetas e telescópios, esse evento poderá ser observado numa grande região da África; América Central e norte e nordeste da América do Sul.

Desta forma, observadores localizados no continente africano (Angola, África do Sul, Benin, Cabo Verde, Costa do Marfim, Gabão, Gana, Moçambique, Nigéria, Senegal, São Tomé e Príncipe, Togo e Zâmbia) poderão acompanhar o fenômeno em sua totalidade (desaparecimento e reaparecimento), exceto Saint Denis nas Ilhas Reunião no oceano índico, onde o evento poderá ser observado na fase inicial (desaparecimento) conforme tabela 1.
Cruzando o oceano atlântico na região equatorial, este evento também será observado em sua segunda fase (reaparecimento) na região leste do mar das Antilhas na América Central (Barbados, São Cristóvão e Nevis e Trinidad e Tobago), conforme tabela 2.
Ainda na região do atlântico, o evento poderá ser observado no norte e nordeste da América do Sul (Brasil e Venezuela), sendo que em localidades de ambas as nações o evento poderá ser acompanhado conforme mencionado na tabela 3 abaixo.
 
Além das circunstâncias de gerais de visibilidade acima mencionadas, apresentamos o mapa global (figura 2) com a faixa de visibilidade do fenômeno que abrange também ilhas localizadas no oceano atlântico e oceano índico.

Omicron Leonis (Subra)

Omicron Leonis (Subra) de magnitude 3.5 e tipo espectral A5V F6II (WDS, 2014) é uma estrela quádrupla interessante, provavelmente física, cujos demais componentes triplos são muito fechados. Conforme podemos observar na ilustração da figura 3, Omicron Leonis B descreve uma orbita em torno da estrela principal Omicron Leonis A, em torno de 14,5 dias. Esses fatos fazem como que registros observacionais de ocultações dessa estrela sejam sempre interessantes. 


Sites recomendados:
"Como observar"
http://www.rea-brasil.org/ocultacoes/observar.htm
"formulário de reporte"
(ocultações de estrelas por asteroides).

Boas Observações!

Referências:

- MOURÃO, Ronaldo Rogério de Freitas. Dicionário Enciclopédico de Astronomia e Astronáutica. Rio e Janeiro: Ed. Nova Fronteira, 1987, 914P.

- CAMPOS, Antônio Rosa. Almanaque Astronômico Brasileiro 2014. Belo Horizonte: Ed. CEAMIG (Centro de Estudos Astronômicos de Minas Gerais), 2013. Disponível em: <http://www.ceamig.org.br/5_divu/alma2014.pdf> Acesso em 08 set. 2014.

- HERALD, David. Occult v 4.0.8.18, (IOTA). Disponível em <http://www.lunar-occultations.com/iota/occult4.htm>. Acesso em: 09 set. 2014. Windows 7/ Professional.

- WDS Washington Double Star Catalog: Epoch 2014.01. Disponível em: <http://www.handprint.com/ASTRO/>. Acesso em: 10 set. 2014.

Nenhum comentário:

Postar um comentário