quarta-feira, 1 de junho de 2016

A mancha solar AR 2546

Ricardo José Vaz Tolentino
Observatório Lunar Vaz Tolentino

Imagem: A bela mancha solar AR 2546, fotografada com apenas 1 frame, em 18 de maio de 2016, às 10:17:05. 

O belo grupamento de manchas AR 2546 iniciou sua jornada pelo hemisfério visível do Sol em 14 de maio de 2016, quando surgiu no limbo sudeste. A partir do dia seguinte, iniciaram-se as análises e medições dessa interessante formação da fotosfera solar.  De acordo com o website Space Weather Live (www.spaceweatherlive.com), a mancha solar AR 2546 apresentou as seguintes características nos últimos dias:

Mancha AR 2546 Quantidade de Manchas: Tamanho:      Classe Magnética:
15/05/2016                           1                  250 MH                     α
16/05/2016                           3                  410 MH                     α
17/05/2016                           2                  540 MH                     α

É bom lembrar que 1 MH (1 milionésimo da superfície do disco solar visível) corresponde a 3,04 milhões de Km2 e a classe magnética α  significa unipolar.

Imagem: A bela mancha solar AR 2546. Foto executada com apenas 1 frame em 18 de maio de 2016, 10:17:15.

Imagem: O hemisfério visível do Sol fotografado com filtro H-Alpha, mostrando as posições das manchas AR 2546 e AR 2544. Foto executada com apenas 1 frame em 18 de maio de 2016, 10:22:45.

Hoje, 18 de maio de 2016, a mancha AR 2546 apresenta-se como um conjunto de 5 manchas (1 enorme e 4 minúsculas), com 540 Mh de tamanho e classe magnética β (bipolar). Note que, durante a viajem de AR 2546 através do disco solar visível, ela comportou-se de forma muito dinâmica, transformando sua quantidade, evoluindo seu tamanho e mudando sua classe magnética.

Com o grupamento AR 2546 apresentando 540 MH de tamanho e lembrando que a superfície do planeta Terra (510.072.000 km2) tem aproximadamente 169 milionésimos do disco solar visível (ou 169 MH), é fácil calcular que, na grande área da fotosfera ocupada por AR 2546, caberiam aproximadamente 3,2 superfícies do planeta Terra.

Imagem: Para efeito de comparação, a imagem de Mercúrio (capturada no trânsito de 09/05/2016) é mostrada ao lado da mancha AR 2546. Foto da mancha AR2546 em 18 de maio de 2016, 10:18:27. Foto de Mercúrio em  09 de maio de 2016, 09:20:10. Fotos com apenas 1 frame.
Imagem: Em 18/05/2016, não só AR 2546 estava presente no hemisfério visível do Sol. A mancha composta AR 2544, menor que AR 2546, também estava lá, aproximando-se do limbo nordeste, próximo do final de sua jornada através do hemisfério visível do Sol. Nessa data, AR 2544 mostrou-se com 120 MH de tamanho. Foto executada com apenas 1 frame em 18 de maio de 2016, 10:31:22.

Observatório Lunar Vaz Tolentino – www.vaztolentino.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário