quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Grupo de Reconhecimento e Estudos do Céu: o que estamos aprendendo? Novembro 2016

Aléxia Lage de Faria
CEAMIG/GREC

“Devemos estudar Astronomia porque ela é linda e porque é divertido. Devemos fazê-lo porque as pessoas querem saber. Queremos conhecer nosso lugar no universo e como as coisas acontecem.”
John N. Bahcall, astrofísico

O Grupo de Reconhecimento e Estudos do Céu possui como missão criar e manter a cultura da observação e reconhecimento da esfera celeste entre os associados recém-ingressos nos quadros do CEAMIG – Centro de Estudos Astronômicos de Minas Gerais (CAMPOS, 2014). Os membros se reúnem aos sábados para estudo teórico e/ou prático e mensalmente realizam observações, quando as condições do tempo assim permitem. 

Durante as reuniões do grupo, realizadas no período de 08/10/2016 a 26/11/2016, os seguintes tópicos foram estudados:
  1. Observações visuais e registro de Superfície Planetária, de Satélites Galileanos e do Sol.
  2. Realização das palestras "Ocultações Astronômicas" pelo convidado Breno Loureiro Giacchini e a "A importância da observação sistemática da Lua", pelo convidado Ricardo José Vaz Tolentino.
No dia 26 de novembro, foram concluídos os estudos da primeira turma, denominada “Andrômeda”, que vigorou durante o biênio 2015-2016. Foram 70 reuniões realizadas, que envolveram diversas atividades teóricas e práticas, totalizando cerca de 135 h de estudos. Nessa mesma data, foi realizada reunião com os interessados na formação de uma nova turma GREC, denominada “Antlia”, para o ano de 2017.

Na parte prática, foi dada continuidade ao Programa Observacional de Nebulosidade – PON, iniciado em 1°de dezembro de 2015. Os resultados que serão apresentados referem-se ao mês de outubro/2016 e serão também comparados com os dos meses de janeiro a outubro de 2016. Mesmo com a finalização da turma “Andrômeda”, será ainda dada continuidade ao programa até o último dia da estação Primavera, em dezembro de 2016

Após a finalização do Programa de Treinamento Observacional – Star Hopping, referente à observação de estrelas no período crepuscular, será apresentado o balanço final dos resultados mais à frente neste texto.

Resultados do Programa Observacional de Nebulosidade

As estimativas de nebulosidade coletadas são informadas conforme uma sintaxe de reporte, definida para cada observador (Figura 1).

 
Figura 1 - Sintaxe de Reporte para as estimativas de nebulosidade coletadas.
Fonte: CEAMIG, 2015-2016.

Nas figuras 2, 3 e 4, o reporte de nebulosidade é apresentado, referente ao período de 01/01/2016 a 31/10/2016.

   Figuras 2, 3 e 4 - Reporte de Nebulosidade referente ao período de 01/01/2016 a 31/10/2016.
Fonte: CEAMIG, 2015-2016.

O resultado do Índice Médio Mensal Individual (IMMI) em outubro/2016, para cada observador, pode ser visto na Figura 5:

 Figura 5 - Índice Médio Mensal Individual para o mês de outubro/2016.
Fonte: CEAMIG, 2015-2016.

Os resultados do Índice Médio Mensal Final (IMMF), referentes aos meses de janeiro a outubro de 2016, podem ser vistos na Figura 6. Note-se que a partir de agosto, o IMMF vem crescendo. Esse resultado era esperado, visto que a estação mais chuvosa está chegando e, com ela, maior ocorrência de nebulosidade.

Figura 6 -  Índice Médio Mensal Final para os meses de janeiro a outubro de 2016.
Fonte: CEAMIG, 2015-2016.

Por fim, foram gastos 58,5 minutos para a realização da coleta de todas as estimativas para o mês de outubro/2016. 

 
Figura 7 -  Produtividade Observacional para o período de janeiro a outubro/2016.
Fonte: CEAMIG, 2015-2016.


Resultados do Programa de Treinamento Observacional – Star Hopping

O Programa de Treinamento Observacional (Atividades Práticas) utiliza-se da aplicação da metodologia mundialmente conhecida como "Star Hopping". Foi formalmente iniciado em fevereiro/2016, e finalizado em outubro/2016, sendo que essa atividade consiste na identificação correta de uma estrela utilizando-se um planisfério celeste rotativo e o registro de seus dados observacionais, tais como a data e hora de observação (em Tempo Universal), o nome da estrela, a constelação a que pertence e o cálculo aproximado da altura em que se encontra (em graus) e indicando ainda em qual quadrante foi observada (Leste ou Oeste), buscando-se com isso o momento teórico de sua Passagem Meridiana. Também podemos anotar em qual período foi realizada a observação tais como: nas diversas fases do Crepúsculo (Civil, Náutico, Astronômico), podendo ser Matutino ou Vespertino, ou mesmo no Período Noturno; as condições de visibilidade (em percentuais % de nebulosidade) e a fase da Lua.

Durante todo o programa, no período de 23/02/2016 a 10/10/2016, 586 observações foram registradas por 7 observadores, conforme mostrado na tabela a seguir:

Tabela 1 -  Quantidade de observações realizadas por observador, totalizando-se 586 registros.
Fonte: CEAMIG, 2016.

Foram identificadas 126 estrelas de 35 constelações, conforme mostrado na tabela a seguir:


Tabela 2 - Constelações e estrelas observadas no período de 23/02/2016 a 10/10/2016.
Fonte: CEAMIG, 2016.

As estrelas mais observadas neste período foram Spica e Sirius (Tabela 3):

Tabela 3 -  Número de vezes com que cada estrela foi observada.
Fonte: CEAMIG, 2016.

As observações ocorreram predominantemente no Período Noturno, seguidas pelo Crepúsculo Náutico Vespertino e Crepúsculo Astronômico Vespertino (Tabela 4).

Tabela 4 -  Número de registros conforme o período de observação.
Fonte: CEAMIG, 2016.

No próximo informativo, serão apresentados os resultados do Programa Observacional de Nebulosidade referentes à estação da Primavera. 

REFERÊNCIAS

CAMPOS, Antônio Rosa. (arcampos_0911@yahoo.com.br). [Ceamig] Grupo de Estudos de Reconhecimento do Céu! [mensagem pessoal]. Mensagem recebida por ceamig@yahoogrupos.com.br em 24 nov. 2014.

CEAMIG – CENTRO DE ESTUDOS ASTRONÔMICOS DE MINAS GERAIS. Base de Dados do Programa Observacional de Nebulosidade 2015-2016. Dados referentes ao período de janeiro a outubro de 2016, coletados pelo Grupo de Reconhecimento e Estudos do Céu - GREC. Belo Horizonte: CEAMIG, 2015-2016.

CEAMIG – CENTRO DE ESTUDOS ASTRONÔMICOS DE MINAS GERAIS. Base de Dados do Programa de Treinamento Observacional – Atividades Observacionais do Crepúsculo 2016. Dados referentes ao período de 23/02/2016 a 10/10/2016, coletados pelo Grupo de Reconhecimento e Estudos do Céu - GREC. Belo Horizonte: CEAMIG, 2016.

Um comentário:

  1. Excelente relatório da nossa colega Aléxia Lage. Vida longa aos observadores do CEAMIG!

    ResponderExcluir