quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Grupo de Reconhecimento e Estudos do Céu: o que estamos aprendendo? Dezembro 2016

Aléxia Lage de Faria
alagef@gmail.com
CEAMIG/GREC

“Toda ciência tem por base um sistema de princípios tão fixos e inalteráveis quanto aqueles pelos quais o universo é regulado e governado. O homem não pode fazer princípios. Ele só pode descobri-los.”
Thomas Paine em “In The Age of Reason”

O Grupo de Reconhecimento e Estudos do Céu possui como missão criar e manter a cultura da observação e reconhecimento da esfera celeste entre os associados recém-ingressos nos quadros do CEAMIG – Centro de Estudos Astronômicos de Minas Gerais (CAMPOS, 2014). Os membros se reúnem aos sábados para estudo teórico e/ou prático e mensalmente realizam observações, quando as condições do tempo assim permitem. 

Em novembro, foram concluídos os estudos da turma “Andrômeda”, que vigorou durante o biênio 2015-2016. Porém, faltava ainda concluir o Programa Observacional de Nebulosidade – PON, que até então estava em vigor para que fosse possível coletar as estimativas para a estação da Primavera. Oficialmente encerrado em 20 de dezembro, os resultados finais do PON serão então apresentados em um informe sazonal, referente ao período de vigência da estação da Primavera (22/09/2016 a 20/12/2106). Assim, poderemos ter uma visão da nebulosidade ocorrida durante essa temporada e compará-la também com a registrada nas estações do Verão, Outono e Inverno.


Figura 1 - Sintaxe de Reporte para as estimativas de nebulosidade coletadas.
Fonte: CEAMIG, 2015-2016.

Na Figura 2, é apresentado o reporte de nebulosidade referente ao período de 22/09/2016 a 20/12/2016.

Figura 2 - Reporte de Nebulosidade referente ao período de 22/09/2016 a 20/12/2016. (Primavera).
Fonte: CEAMIG, 2015-2016.

O resultado do Índice Médio Sazonal Individual (IMSI) da estação da Primavera, para cada observador, pode ser visto na Figura 3:

Figura 3 - Índice Médio Sazonal Individual para a estação da Primavera.
Fonte: CEAMIG, 2015-2016.

A seguir, são mostrados os resultados comparativos do Índice Médio Sazonal Final (IMSF) para o Verão, Outono, Inverno e Primavera (Figura 4). Esse resultado era esperado, pois tipicamente o período da Primavera é caracterizado como de maior nebulosidade quando comparado à estação do Inverno.

Figura 4 -  Índice Médio Sazonal Final para as estações do Verão, Outono, Inverno e Primavera.
Fonte: CEAMIG, 2015-2016.

Por fim, foram gastas 2,4h na coleta de estimativas para a estação da Primavera (Figura 5).

 
Figura 5 -  Produtividade Observacional as estações do Verão, Outono, Inverno e Primavera em 2016.
Fonte: CEAMIG, 2015-2016.

Com todos as estimativas registradas e apresentadas para todas as estações, o Programa Observacional de Nebulosidade referente ao biênio 2015-2016 foi concluído.

REFERÊNCIAS
CAMPOS, Antônio Rosa. (arcampos_0911@yahoo.com.br). [Ceamig] Grupo de Estudos de Reconhecimento do Céu! [mensagem pessoal]. Mensagem recebida por ceamig@yahoogrupos.com.br em 24 nov. 2014.

CEAMIG – CENTRO DE ESTUDOS ASTRONÔMICOS DE MINAS GERAIS. Base de Dados do Programa Observacional de Nebulosidade 2015-2016. Dados referentes ao período de janeiro a dezembro de 2016, coletados pelo Grupo de Reconhecimento e Estudos do Céu - GREC. Belo Horizonte: CEAMIG, 2015-2016.

Nenhum comentário:

Postar um comentário